AGETO 24/03/2021 - 14:36 - Daniela Oliveira/Governo do Tocantins

Governo do Tocantins investe mais de R$ 50 milhões na recuperação de 20 pontos críticos em rodovias estaduais

Ponte sobre o Córrego Capim Boi, na TO-296 será um dos pontos beneficiados Ponte sobre o Córrego Capim Boi, na TO-296 será um dos pontos beneficiados - Divulgação
Para Juliana Passarin, os investimentos irão impactar positivamente na economia dos municípios. Para Juliana Passarin, os investimentos irão impactar positivamente na economia dos municípios. - Flora Pereira/Governo do Tocantins

Com o objetivo de garantir a trafegabilidade em 20 pontos onde as águas, permanentes ou não, cortam rodovias estaduais não pavimentadas, o Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Obras (Ageto), está promovendo a recuperação desses trechos, considerados críticos, com a construção de pontes e de bueiros celulares.

As medidas para a recuperação dos 20 pontos críticos envolvem a construção de nove pontes, sendo a maior com cerca de 150 metros sobre o rio Manoel Alves, na TO-482; e de 11 bueiros celulares, sendo três do tipo simples, três duplos e cinco triplos. O valor total do investimento é de cerca de R$ 51 milhões e será financiado pelo Banco Mundial. As empresas já foram contratadas, por meio de licitação, e a expectativa é de que as obras iniciem nos próximos dias.

De acordo com a secretária de Estado da Infraestrutura e presidente da Ageto, Juliana Passarin, as obras de construção de pontes e bueiros são importantes para a infraestrutura logística estadual. “Elas vão dar mais segurança aos condutores que trafegam pelos trechos, além de otimizarem o tempo de viagem, facilitando e barateando o escoamento da produção local. Esses trechos cortam vários municípios, então, as medidas vão ter impacto positivo na economia estadual”, reforça.

As obras de recuperação de pontos críticos com a construção de pontes e bueiros devem ocorrer em trechos de 12 rodovias estaduais, sendo que a rodovia onde concentrará o maior número de intervenções, com a construção de seis bueiros, é a TO-387. As obras estão divididas em sete lotes.

Lotes

O primeiro lote contempla a construção de duas pontes: uma sobre o Rio Formiga, com 40 metros. Na TO 458, no trecho entre o entroncamento da BR-010 (próximo a Santa Rosa do Tocantins) e o entroncamento da TO-365 (próximo a Ipueiras); e a outra sobre o Rio Manuel Alves, com 150 metros, na TO-482, no trecho do entroncamento da BR-010 com o Povoado Apinajés. O valor total dessas obras será de R$ 15.425.326,02. A empresa vencedora da licitação é o Consórcio Pontes Tocantins EHL/LOCTEC/MOBICON.

O segundo lote inclui a construção de uma ponte sobre o Córrego Aranha, com 40 metros, na TO-226, km 01, no trecho do entroncamento da BR-153 ( próximo a Nova Olinda) ao entroncamento TO-010 (próximo a Palmeirante); e outra ponte sobre o Córrego Jacubinha, com 20 metros, na TO 423, no trecho de Araguaína ao entroncamento da TO-424. O valor total dessas obras será de R$ 7.059.656,79. A empresa vencedora da licitação é o Consórcio Pontes Tocantins EHL/LOCTEC/MOBICON.

O terceiro lote inclui as obras de construção de uma ponte sobre o Córrego Tristeza, de 40 metros, no trecho de acesso ao entroncamento da TO-201 (próximo a Buriti do Tocantins) a São Sebastião do Tocantins; e de um bueiro celular duplo, sobre o Córrego Gorgulho, na TO-403, no trecho entre Sampaio a Carrasco Bonito. O valor total dessas obras será de R$ 4.549.180,63. A empresa vencedora da licitação é o Consórcio Pontes Tocantins EHL/LOCTEC/MOBICON.

O quarto lote contempla a construção de um bueiro celular triplo, sobre o Ribeirão Barreirinha, na TO-434, no trecho do entroncamento da BR-153 (próximo a Guaraí) até o Entroncamento da TO-164 (próximo a Itaporã do Tocantins); e de um bueiro celular triplo, sobre o Vazante do Garrafo, na TO-239, no trecho entre Pequizeiro e o entroncamento com a TO-436 (próximo a Araguacema). O valor total dessas obras será de R$ 2.496.696,25. A empresa vencedora da licitação é a Engicom Engenharia Indústria e Comércio Eireli.

O quinto lote terá obras de construção de duas pontes: uma sobre o Rio Alminha, com 50 metros, na TO-491, no trecho do Entroncamento da BR-242 ao entroncamento da TO-296; e outra sobre Extravasor do Formoso, com 20 metros, na TO-481, no trecho entre Dueré e Capão do Coco. As obras beneficiarão os municípios de Peixe, São Valério da Natividade e Lagoa da Confusão. O valor total dessas obras será de R$ 8.978.357,04. A empresa vencedora da licitação é o Consórcio Pontes Tocantins EHL/LOCTEC/Mobicon.

O sexto lote é o que prevê mais obras, sendo, na TO-296, um bueiro celular triplo sobre o Córrego Capim Boi, e um bueiro celular duplo sobre o Córrego Angical; na TO-387, um bueiro celular duplo sobre o Córrego Boizinho, um bueiro celular triplo sobre o Córrego Gameleirinha; e, três bueiros simples sobre os córregos Araújo, Água Quente e Boa Vista; e ainda, uma ponte sobre o Córrego Extremo. Os municípios beneficiados pelas obras são Arraias, Dianópolis, Taipas do Tocantins, Conceição do Tocantins e Paranã. O valor total dessas obras será de R$ 7.528.731,13. A empresa vencedora da licitação é a Construtora Jardim.

O sétimo lote contempla as obras de construção na TO-347, sendo uma ponte sobre o Córrego Corrente, com 30 metros, e um bueiro celular triplo sobre o Córrego Água Bonita. O valor total dessas obras será de R$ 5.766.175,99. A empresa vencedora da licitação é o Consórcio Pontes Tocantins EHL/LOCTEC/Mobicon.