AGETO 18/03/2020 - 08:25 - Erica Lima/Governo do Tocantins

Governo lança licitação para realização de obras em 20 pontos de rodovias estaduais

As obras serão financiadas pelo Banco Mundial, por meio do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS). As obras serão financiadas pelo Banco Mundial, por meio do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS). - Luciano Ribeiro/Governo do Tocantins

O Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), publicou no Diário Oficial dessa segunda-feira, 16, o aviso de licitação para contratação de empresas, considerando a realização de obras de correção de pontos críticos em rodovias estaduais não pavimentadas.

De acordo com o superintendente de Construção e Fiscalização de Obras Rodoviárias da Ageto, Adelmo Vendramini Campos, a licitação contempla 20 pontos críticos que foram divididos em sete lotes. “Esses pontos foram escolhidos de forma prioritária após estudos e consultas públicas”, explica.

As obras são financiadas pelo Banco Mundial, por meio do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS). O projeto irá beneficiar rodovias estaduais espalhadas de norte a sul do Tocantins. Ao todo, serão construídas oito pontes de concreto armado e 12 bueiros celulares.

Uma das obras contempladas pela licitação é a de construção da ponte Apinajé sobre o Rio Manoel Alves, na Rodovia TO-482, divisa de Santa Rosa do Tocantins e São Valério da Natividade. Essa é uma antiga reivindicação do agronegócio da região, que busca melhorias para o escoamento da produção de grãos. Nos dias atuais, a travessia deste ponto crítico é realizada via balsa. Ali, será projetada uma ponte de 150 metros de extensão.

Na mesma região, também será construída outra ponte, nas mesmas proporções, sobre o Rio Formiga, na TO-458, entre o entroncamento da BR-010 (em Santa Rosa) e o entroncamento com a TO-365 (em Ipueiras).

Segundo a secretária de Estado da Infraestrutura, Cidades e Habitação (Seinf) e presidente da Ageto, Juliana Passarin, as obras irão contribuir com o fortalecimento do sistema logístico do Tocantins. “Essas obras proporcionarão a melhoria na acessibilidade da população e dos produtores que necessitam escoar a sua produção. Além disso, iremos contribuir com a oferta de empregos e a geração de renda dos tocantinenses impactados”, afirma.

A região sudeste foi a contemplada com o maior número de obras. Lá, oito pontos críticos serão beneficiados com a construção de bueiros celulares. Dois deles na TO-296, entre o entroncamento da TO-050 (Arraias) e o entroncamento da TO-242 (Paranã), dois no trecho da To-387, entre Dianópolis e Taipas, e quatro no trecho da TO-387, entre Conceição e Paranã. “Essas correções vão garantir conforto e segurança da população”, ressalta Juliana Passarin.

A licitação, na modalidade concorrência, o edital e as cópias adicionais poderão ser adquiridas na Comissão de Licitação da Superintendência de Licitação de Obras e Serviços Públicos da Seinf.

 

Edição: Lenna Borges

Revisão: Marynne Juliate