AGETO 06/07/2019 - 19:43 - Erica Lima /Governo do Tocantins

Pórticos instalados na Ponte de Porto Nacional recebem correção após serem vandalizados

Ageto refez a solda e trocou cadeados danificados Ageto refez a solda e trocou cadeados danificados - Divulgação

Os pórticos limitadores de tráfego instalado nas entradas da ponte da TO-255, sobre o Rio Tocantins, em Porto Nacional, tiveram que sofrer correções após serem vandalizados.

As estruturas foram instaladas na tarde da última sexta-feira, 05, e danificadas menos de 24 horas depois. De acordo com a diretora de Engenharia de Tráfego e Segurança Viária da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), Lúcia Leiko, os portais tiveram que receber correções. “Tivemos que realizar um serviço de solda e substituir os cadeados”, disse.

O Governo reforçará a ronda no local por meio da atuação das equipes do Batalhão de Polícia Militar Rodoviária e de Divisas (BPMRED). Após o ato de vandalismo, um boletim de ocorrência foi registrado e a ação deve ser investigada.

Os pórticos foram instalados no local para garantir o tráfego apenas dos veículos que não excedam a limitação de peso, altura e velocidade.”A estrutura está em fase de uso especial com limitação de altura, de 2,20 metros; de peso, de 3,5 toneladas; e de velocidade, de 60 quilômetros por hora”, explicou o presidente da Ageto, Virgílio Azevedo. Os portais sofreram alterações para garantir a passagem de veículos de emergência.

O Código Penal prevê pena de até 3 anos de detenção e multa pra quem for flagrado danificando patrimônio público. “Vandalismo é crime e a legislação brasileira é muito clara em relação a isso”, finalizou Azevedo.

Os motoristas de veículos fora dos padrões que forem surpreendidos usando a estrutura também podem sofrer sanções. A multa para quem trafegar em local não permitido pela sinalização é R$ 130,16 e a infração é considerada média.