AGETO 25/07/2019 - 15:44 - Luzinete Bispo/Governo do Tocantins

Governo trabalha a manutenção em mais dois trechos de rodovias

Ações seguem um cronograma previamente definido. Ações seguem um cronograma previamente definido. - Divulgação / Governo do Tocantins
As ações são desenvolvidas pelas equipes operacionais da Ageto presentes nas Residências Rodoviárias instaladas no interior. As ações são desenvolvidas pelas equipes operacionais da Ageto presentes nas Residências Rodoviárias instaladas no interior. - Divulgação / Governo do Tocantins
Rodovia não pavimentada TO-164, de Pequizeiro a Tarumã, com 60 km, dos quais já estão com 25 km prontos. Rodovia não pavimentada TO-164, de Pequizeiro a Tarumã, com 60 km, dos quais já estão com 25 km prontos. - Divulgação / Governo do Tocantins

Dando continuidade à recuperação da malha viária o Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), nesta semana está trabalhando na manutenção em mais dois trechos de rodovias no estado.

Um dos trechos contemplados foi da rodovia TO- 010, do Entroncamento da TO-235 a Santa Maria, um trecho de 55 km, dos quais já se encontram totalmente recuperados 25 km.

O outro trecho contemplado é da rodovia não pavimentada TO-164, de Pequizeiro a Tarumã, com um total de 60 km, dos quais já estão com 25 km prontos com serviços de nivelamento da via e, onde há necessidade, com revestimento primário (cascalhamento, patrolamento e obras de drenagem e aumento de greide).

As ações são desenvolvidas pelas equipes operacionais da Ageto presentes nas Residências Rodoviárias instaladas no interior. O objetivo é restabelecer a trafegabilidade das rodovias tocantinenses.

De acordo com o presidente da Ageto, Virgílio Azevedo, além desses trechos beneficiados nessa nova etapa, outros estão com os trabalhos em ritmo acelerado. “Nossas equipes estão trabalhando, de forma simultânea, em todas as regiões do Tocantins e as ações atingem tanto as estradas pavimentadas, quanto as não pavimentadas”, afirma o gestor.

Segundo Virgílio as ações seguem um cronograma previamente definido. “Nós priorizamos as rodovias que possuem um tráfego maior, mas todas as estradas de responsabilidade do estado serão contempladas”, destaca.