AGETO 25/06/2019 - 17:49 - Luzinete Bispo/Governo do Tocantins

Governo inicia curso de policiamento e fiscalização de trânsito e transportes rodoviários

A capacitação terá 250 horas/aulas, com finalização prevista para o dia 17 de julho. A capacitação terá 250 horas/aulas, com finalização prevista para o dia 17 de julho. - Divulgação / Governo do Tocantins
A capacitação terá 250 horas/aulas, com finalização prevista para o dia 17 de julho. A capacitação terá 250 horas/aulas, com finalização prevista para o dia 17 de julho. - Divulgação / Governo do Tocantins

O Governo do Estado iniciou nesta segunda-feira, 24, o 1º Curso de Policiamento de Trânsito Rodoviário na sede do 2º BPM em Araguaína. A capacitação terá 250 horas/aulas, com finalização prevista para o dia 17 de julho. A Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto) está participando do evento com 16 agentes de trânsito, que atuam nas rodovias tocantinenses.

“A importância dessa especialização para os agentes de trânsito é a melhor execução dos trabalhos de fiscalização. Com essa capacitação a equipe estará treinada para atuar em qualquer circunstância que lhe compete”, explica o presidente da Ageto Virgílio Azevedo.

O curso tem o objetivo de capacitar os agentes para desempenhar o policiamento e a fiscalização de trânsito e transporte nas rodovias estaduais e municipais do Estado. Essa é uma atualização visando as mudanças no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), além de uma exigência da Portaria 94 do Denatran, editada em 31 de maio de 2.017, que institui o Curso de Agente de Trânsito.

A capacitação conta com a participação total de 42 alunos, incluindo 21 policiais militares rodoviários do Batalhão da Polícia Militar Rodoviário e Divisas (BPMRED) e 5 agentes de trânsito do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), além dos 16  profissionais da Ageto.

Segundo a diretora de Engenharia de Tráfego e Segurança Rodoviária da Ageto, Lúcia Leiko Garcia, essa “é uma oportunidade de integrar os órgãos de fiscalização de trânsito e compartilhar conhecimento para proporcionar um melhor atendimento à sociedade”, declarou.