AGETO 07/05/2019 - 08:06 - Luzinete Bispo/Governo do Tocantins

Governo inicia manutenção da ponte na TO-255 em Porto Nacional

Manutenção da ponte iniciou com a remoção do concreto danificado na pista de rolamento Manutenção da ponte iniciou com a remoção do concreto danificado na pista de rolamento - Divulgação
As passarelas de pedestres estão recebendo novos pisos de blocos de concreto As passarelas de pedestres estão recebendo novos pisos de blocos de concreto - Divulgação
Após a limpeza interna, os caixões estão recebendo novas tampas de concreto Após a limpeza interna, os caixões estão recebendo novas tampas de concreto - Divulgação

Os serviços de manutenção da ponte sobre o Rio Tocantins, na Rodovia TO-255, em Porto Nacional, foram iniciados pela remoção do concreto danificado nas pistas de rolamento (pavimento) nesta segunda-feira, 6. Uma segunda equipe também iniciou os trabalhos de reconstrução das tampas de concreto dos caixões, que também já passaram por limpeza interna. As passarelas de pedestre também estão recebendo novos blocos de concreto como piso.

A estimativa é de que, em 30 dias, a ponte esteja liberada para o tráfego de veículos leves. As obras estão sendo realizadas pelo Governo do Tocantins, por intermédio da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto).

Também fazem parte da manutenção outros serviços como a reestruturação e a impermeabilização do pavimento; a substituição das juntas de dilatação; a recuperação das passarelas de pedestres com reposição das placas de fechamento; a revitalização da iluminação e da sinalização da ponte; a construção de pórticos restritivos nos acessos da ponte e instalação de equipamentos de monitoramento de velocidade.

De acordo com o engenheiro responsável pela manutenção, Domingos Aguiar dos Santos, após a remoção de todo o concreto danificado na pista de rolamento, as equipes completarão a revitalização geral da ponte.

Nova Ponte

Sobre a construção de uma nova ponte, a Secretaria de Estado da Infraestrutura, Cidades e Habitação (Seinf) está agilizando os trabalhos administrativos  para a  readequação do projeto para posterior realização de uma nova licitação. 

Os recursos para a construção da nova ponte estarão disponibilizados no contrato de empréstimo com a Caixa Econômica Federal, que está em fase final de liberação.