AGETO 02/04/2019 - 14:28 - Luzinete Bispo/Governo do Tocantins

Governo inicia reconstrução da TO-040 de Dianópolis até a divisa TO/BA

Serão realizadas obras de reabilitação, reforço estrutural, reconstrução do pavimento, drenagem e sinalização (horizontal e vertical). Serão realizadas obras de reabilitação, reforço estrutural, reconstrução do pavimento, drenagem e sinalização (horizontal e vertical). - Thiago Sá / Governo do Tocantins

O Governo do Estado dará inicio a reconstrução do asfalto de dois trechos da rodovia TO-40, entre Dianópolis e Novo Jardim, e de Novo Jardim à divisa do Estado com a Bahia, na região sudeste. A Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto) informa que os dois trechos terão a malha viária totalmente refeita, desde sua base, devido as péssimas condições em que se encontram as vias, que já ultrapassaram a vida útil do antigo asfalto.

Ao todo serão reconstruídos 70,20 km somente na TO-040, mas estão previstos reconstrução em mais outros nove trechos de outras rodovias naquela região. As obras terão início por esses dois trechos em função das péssimas condições de tráfego devido ao desgaste da via.

A empresa Construtora Caiapó Ltda, vencedora da concorrência internacional, via contrato 02/2019, iniciará a montagem do canteiro de obras. Essa rodovia é uma das principais vias de ligação entre o oeste baiano e o sudeste tocantinense. O trabalho começa nos pontos considerados mais críticos, onde havia excesso de buracos.

Serão realizadas obras de reabilitação, reforço estrutural, reconstrução do pavimento, drenagem e sinalização (horizontal e vertical). As obras têm como objetivo a melhoria do sistema logístico do Tocantins, facilitando o tráfego nas estradas tocantinenses, melhorando assim, o escoamento da produção regional e a segurança dos usuários.

A obra está inserida em 11 trechos de rodovias estaduais que serão recuperados no Sudeste do Estado, somando 284,80 km de extensão, abrangendo 11 municípios. A reconstrução dos 11 trechos vai custar R$ 80.077.745,36 milhões dos recursos do contrato de empréstimo firmado entre o Governo do Estado do Tocantins e Banco Mundial. O prazo contratual para término da obra é de 1440 dias.

Esta é mais uma intervenção do Governo do Tocantins via Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS) na modalidade Contratos de Reabilitação e Manutenção (CREMA), 2ª Etapa, com foco na melhoria da qualidade das rodovias estaduais.

 “Com a proximidade da finalização das chuvas começamos a dar atenção especial para esta rodovia, que é importante alternativa de escoamento da produção do agronegócio do oeste baiano e da região sudeste do nosso estado, até o posto de embarque na Ferrovia Norte-Sul em Luzimangues”, disse o presidente da Ageto, Virgílio Azevedo.