AGETO 12/02/2019 - 11:59 - Erica Lima/Governo do Tocantins

Governo publica resultado de licitação para reconstrução de rodovias estaduais

No Tocantins, 1,5 mil quilômetros de rodovias já foram reconstruídas por meio do CREMA No Tocantins, 1,5 mil quilômetros de rodovias já foram reconstruídas por meio do CREMA - Thiago Sá/Governo do Tocantins
O Crema-2 irá reabilitar 1,3 mil quilômetros de pavimento O Crema-2 irá reabilitar 1,3 mil quilômetros de pavimento - Thiago Sá/Governo do Tocantins
 Objetivo é fortalecer o sistema logístico tocantinense Objetivo é fortalecer o sistema logístico tocantinense - Thiago Sá/Governo do Tocantins

O resultado da licitação do Lote 8  do Contrato de Reabilitação e Manutenção de Rodovias (CREMA2) foi publicado no Diário Oficial do Estado da última sexta-feira, 8. A proposta vencedora, no valor de R$ 66.518.259,34, foi apresentada pelo Consórcio Crema Paraíso, formado pelas empresas Sobrado Construções Ltda, Goiás Construtora Ltda e GAE Construção e Comércio Ltda.

O lote 8 engloba três trechos de rodovias importantes: o da TO-080, entre Palmas e Paraíso; o da TO-070, entre Porto Nacional e Brejinho de Nazaré; e o da TO-255, entre Porto Nacional e Monte do Carmo. Ao todo são 136 quilômetros de asfalto que serão reconstruídos e terão a sinalização reabilitada. O objetivo é que outros 1,2 mil quilômetros recebam as melhorias previstas no Contrato. Os trechos foram escolhidos a partir de uma estratégia de fortalecimento da infraestrutura das estradas tocantinenses. 

O CREMA-2 é um projeto financiado pelo Banco Mundial, por meio do Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS). O contrato para as obras tem duração de cinco anos. Nos dois primeiros anos, a empresa contratada executa a recuperação das rodovias previstas no projeto. Nos três últimos, a construtora fica responsável pela manutenção constante dos trechos. “A qualidade de execução dos serviços, aliada ao período de cinco anos do contrato, promoverão perfeitas condições de trafegabilidade, conforto e segurança. Essas ações fazem parte dos esforços do Governo para fortalecer o sistema logístico do estado”, afirmou o presidente da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), Virgílio Azevedo.

A Ageto deve assinar o contrato com a empresa vencedora  ainda neste mês de fevereiro. A ordem de serviço será dada após análise do Banco Mundial.