AGETO 02/12/2019 - 22:14 - Luzinete Bispo/Governo do Tocantins

Governo alerta caminhoneiros para os perigos ao burlar fiscais na ponte de Porto

Ponte encontra-se com restrições ao tráfego acima de 3,5 toneladas, desobedecer sinalização é colocar vida em risco - Thiago Sá/Governo do Tocantins Ponte encontra-se com restrições ao tráfego acima de 3,5 toneladas, desobedecer sinalização é colocar vida em risco - Thiago Sá/Governo do Tocantins - Thiago Sá/Governo do Tocantins

O Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), alerta os caminhoneiros para o risco de morte a que estão sujeitos ao desobedecerem à sinalização de trânsito e passar na ponte sobre o Rio Tocantins, na rodovia TO-255, em Porto Nacional. A estrutura está em fase de uso especial e continua com a limitação de peso em 3,5 toneladas.

Além de arriscar sua vida, o caminhoneiro que passa sobre a ponte, ao invés da balsa, corre o risco de ir parar dentro rio com seu veículo em função dos graves danos na estrutura. Além disso, essa prática pode acarretar agravamento na estrutura da ponte que já está debilitada.

Somente no mês de novembro foram lavrados 31 autos de infração. A incidência de veículos de cargas pesadas sobre a ponte acontece com maior frequência à noite. Mas os fiscais de trânsito da Ageto estão trabalhando 24 horas e tem registrado os autos também no período noturno. “Só é permitida a passagem de veículos com até 3,5 toneladas e velocidade controlada de 60 km por hora”, explicou a secretária da Infraestrutura e presidente da Ageto, Juliana Passarin.

Infrações

A Ageto está enquadrando as infrações cometidas por esses profissionais em dois artigos do Código de Trânsito Brasileiro. O Art. 187, inciso I, do CTB diz que é proibido trafegar em local proibido pela sinalização de trânsito, como é o caso da ponte de Porto Nacional. Além do Art. 209, que dispõe sobre o transporte sem autorização em bloqueio viário, com ou sem sinalização ou dispositivos auxiliares. Caracterizando-se infração grave no valor de R$ 195,93 e anotação de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Pontes

Construída entre os anos de 1976 e 1979, a antiga ponte de 900 metros liga o tráfego da TO-050, pelo trevo da TO-255, com a TO-070 até a BR-153. A nova ponte, já iniciada a construção, terá 1.488 metros de extensão, sendo 1.088 metros de armação de concreto e 400 metros de aterro.